segunda-feira, 8 de junho de 2009

Sortudo?

Notícia do G1: Gato cai do 26º andar e sobrevive


A dona disse "Se você tem filhos, eu imagino que é um pouco semelhante à relação que tenho com meu animal de estimação, já que não tenho filhos ainda. Ele é incrível".

Comentário 1: Se você tivesse filhos (ou gatos), e morasse no 26º andar, não colocaria redes de proteção nas janelas?

Comentário 2: Ela diz que trata o gato como filho já que ainda não tem filhos. Isso significa que quando tiver filhos vai jogar o gato fora?

É como eu sempre disse: "Não existem animais burros nem suicidas. Existem donos irresponsáveis."

3 comentaram porque quiseram:

Lamentável, hein. Mas cada um com a consciência que tem no momento...
Pior do que isso, ao menos é o que parece para mim, são os pobres animais mortos do Campus do Vale da UFRGS. Viste que nem o cão adotado pelo prof. Renato Flores foi poupado? O que me leva a crer que não se trata de uma 'bem' intencionada tentativa de exterminar animais que ninguém mais quer... O mesmo tem ocorrido na Redenção e em inúmeros outros lares e lugares em que nem ficamos sabendo.
Luz pra essa bicharada toda que vive em risco ou que já se foi daqui - e beijo pra ti.

Pq ela não colocou uma rede? Mora no 26º andar e deixa o gato andar no parapeito? Tinha que jogar ela da janela para ver se ela sobrevivi também.

alexandre nardoni disse...
11 de junho de 2009 18:11
 

eu queria ter um gato.